Share |

Últimas do Distrito

Bloco Barreiro
Setembro 18, 2013 03:44 PM

A Candidatura Autárquica do BE no Barreiro reuniu-se com a Direcção da ESTB, Pólo do ensino superior do Instituto Politécnico de Setúbal.O candidato à CMB, Humberto Candeias, reiterou que a educação é uma das apostas do Bloco, e que é necessário “aproveitar e desenvolver em rede estas valências e estes recursos” no concelho.

Bloco Barreiro
Setembro 18, 2013 07:57 AM
Bloco Barreiro
Setembro 18, 2013 07:52 AM

 

Candidato à Presidência da Camara Municipal do Barreiro, Humberto Candeias, e a candidata à União das Freguesias de Alto-Seixalinho-Santo André-Verderena, Maria Jorgete Teixeira, em contactos com a população da Qta.da Lomba

Bloco Barreiro
Setembro 18, 2013 07:38 AM

O candidato do Bloco de Esquerda á Câmara Municipal do Barreiro, Humberto Candeias, considerou ontem à noite, que “não é possível desenvolver um território, quando cerca de 50% das pessoas se alheia das escolhas.

Falando durante uma sessão-debate no Lavradio, promovida pela SFAL em parceria com o jornal “Rostos”, Candeias sublinhou que é preciso encontrar respostas para a abstenção elevada que se tem verificado em eleições locais no Barreiro.

O candidato do BE acredita que provavelmente estes resultados seriam diferentes, se as populações se sentissem mais envolvidas nas escolhas políticas. Defendendo um aprofundamento da democracia, Humberto Candeias destacou que a “forma como as cidades são governadas, é determinante nas políticas, na governança da cidade”. “Ouvir as pessoas é importante, mas não chega”, enfatizou o candidato bloquista, para quem “ no Barreiro existe uma democracia pobre”, o que poderá ser melhorado se existir “proximidade e mais representação políticas, para que as pessoas se envolvam” e acusa: “no barreiro há uma ficção de participação”. Humberto Candeias defende orçamentos participativos, para que as pessoas se “sintam donas da sua terra”.

No debate moderado pelo jornalista António Sousa Pereira, o Candidato do Bloco destacou também um dos pontos do seu Compromisso Eleitoral que passa por valorizar o património histórico-cultural do Barreiro: “ o Barreiro é uma terra em aflição”, no que diz respeito á questão do património, e é o “único concelho da região que não tem um único moinho em funcionamento”. Candeias critica duramente os poderes locais por não valorizarem devidamente esta dimensão cultural.

Referindo-se ao Barreiro Velho, que há vários anos apresenta sinais de acentuada degradação, Candeias destaca que a candidatura “Barreiro Vivo foi perdida porque não teve um plano de acção que envolvesse a população”.

O candidato do Bloco acredita em soluções jurídicas para o facto de a maioria dos edifícios e casas do Barreiro antigo serem propriedade privada mas também “como politico não aceita que a privada propriedade ponha em causa o interesse e o espaço publico”.

Humberto Candeias criticou também o estado em que se encontram vários locais do domínio publico, no que toca á higiene e limpeza urbana, referindo-se a numerosas queixas que moradores têm feito “sobre maus cheiros, lixo espalhado”.

COESÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO SUSTENTADO

O Candidato do Bloco de Esquerda destacou na sua intervenção as consequências da crise no concelho do Barreiro, considerando que há “uma regressão social com desigualdades gritantes”, á semelhança, aliás do que se passa em todo o País.

Candeias refere que não tem havido localmente políticas de desenvolvimento sustentado, designadamente que tenham em linha de conta a valorização ambiental: “ temos que aprender com a História e não pode o Barreiro partir para um futuro, sem acautelar o desenvolvimento das gerações vindouras”, frisou o candidato à Presidência da Câmara Municipal do Barreiro.

Nesse capítulo do desenvolvimento económico, Candeias lembrou que o associativismo tem fortes tradições nos domínios recreativo, desportivo e cultural, mas lamenta que não se estenda ao sector da economia, defendendo que existe espaço no Barreiro para um associativismo cooperativo, capaz de promover a criação de emprego e desenvolvimento económico.

O candidato bloquista critica a falta de respostas por parte da Câmara Municipal neste domínio e lamenta: “o cooperativismo não está na moda, o que está na moda é o self-made man, o egoísmo”.

Na sua intervenção, Humberto Candeias criticou também aquilo que considera ser a falta de planeamento estratégico do Barreiro na obtenção de fundos europeus de desenvolvimento: “O Barreiro chegou tarde aos fundos comunitários e quando chegou, chegou mal”.

Para o líder da Candidatura Autárquica do Bloco de Esquerda no Barreiro, é necessário em todos os domínios que dizem respeito á cidade e ao município, ter uma posição abrangente: “mais do que prometer 100 ou 300 medidas típicas do marketing político”, ironizou Humberto Candeias em defesa dos Compromissos já apresentados aos eleitores do Município.

 

Bloco Barreiro
Setembro 17, 2013 11:13 PM

No dia 16 de Setembro de 2013 o candidato do Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal, André Antunes fez uma visita ao Centro de Recolha de animais errantes do Barreiro. Acompanharam o candidato Jorgete Teixeira candidata na lista de União das Freguesias do Alto do Seixalinho, Santo André e Verderena e Paula da Costa, candidata na lista e Santo António da Charneca.

 

Bloco Barreiro
Setembro 16, 2013 01:32 PM
Bloco Barreiro
Setembro 15, 2013 08:54 PM
Bloco Distrital de Setúbal
Setembro 15, 2013 06:17 PM

Os candidatos do Bloco visitam os serviços centrais da Câmara Municipal do Seixal para contacto com os trabalhadores e conhecimento sobre a organização e funcionamento dos serviços da autarquia.